Evo Morales solta 100.000 filhotes de tartaruga na Amazônia

O presidente boliviano, Evo Morales, liderou nesta quarta-feira uma campanha de repovoamento de tartarugas, com a liberação de 100.000 filhotes em um rio da Amazônia, e aproveitou o evento para fazer um apelo por ações de proteção da fauna.

“O lançamento de 100.000 tartaruguinhas é parte de um programa para cuidar da fauna”, afirmou o presidente, durante um ato público no pequeno povoado de Versalles, às margens do rio Iténez, ou Guaporé, na fronteira com o Brasil.

“Saúdo o trabalho tão voluntário, tão espontâneo, mas com muito compromisso com nossa Mãe Terra, cuidando da nossa biodiversidade”, disse o governante.

Em nota, o Ministério do Meio Ambiente explicou que a atividade dá continuidade ao Projeto de Repovoamento de Tartarugas e Bichos de Rio, executados pelos moradores da localidade de Versalhes, no departamento amazônico de Beni.

O objetivo é proteger tartarugas das espécies “podocnemis expansa” e “podocnemis unifelis”, completou a nota.

Na fase adulta, podem chegar a medir até um metro com 70 quilos, vivendo 100 anos.

Os filhotes liberados são espécies comuns dos rios de Cochabamba (centro), La Paz, Pando (norte), Santa Cruz (leste) e Beni (nordeste). Esses animais têm um papel-chave no ecossistema, ajudando a reflorestar as matas inundadas, além de serem importantes indicadores da mudança climática.

Fonte: UOL

Deixe um comentário