MPF/RO verifica situação de direitos sociais em aldeias indígenas no Vale do Guaporé

MPF fez investigações, ouviu reivindicações das comunidades e apresentou medidas na defesa dos direitos dos povos indígenas

Entre 27 a 29 de novembro, equipe do Ministério Publico Federal em Rondônia (MPF) composta por procurador da República, servidores/as e médica voluntária, visitou o Distrito de Surpresa, a 180 quilômetros do município de Guajará-Mirim (RO) e, dali, seguiu até as aldeias de Sagarana, Pedral, Baía da Coca e Baía das Onças. O objetivo da visita foi tomar depoimentos e fazer inspeções no interesse de procedimentos investigatórios em curso na unidade do MPF em Guajará-Mirim.

O MPF/RO ouviu as reivindicações das comunidades indígenas e expôs as medidas que tem adotado na defesa de seus direitos.

Para o procurador da República Daniel Dalberto, é essencial conhecer a realidade local e, em conjunto com os indígenas, encontrar soluções: “constatamos algumas situações críticas e preocupantes, como a falta de água potável, de postos de Saúde e escolas em condições mínimas de dignidade em algumas aldeias. Por outro lado, é gratificante perceber a preocupação dos índios em preservar a floresta e manter seus conhecimentos tradicionais”.

Afirmou ainda, que a participação de profissional da área médica foi de grande importância para esclarecer as questões, tanto ao MPF nas investigações, quanto aos interessados para melhor utilização dos serviços.

Fonte: MPF/RO

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.