Trocando em Miúdo: Entenda como o Bolsa Família funciona na Amazônia

Programa Bolsa Família beneficia então quase dois milhões de famílias na Amazônia brasileira, Região Norte, e alcança vários tipos de comunidades tradicionais. Paga R$ 77 por mês por pessoa, o que dá, em média, quase R$ 170 por família, dependendo da situação, número de filhos e tal. Só na Região Norte, o governo gasta uns R$ 4 bilhões por ano, conforme a ministra Tereza Campello, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Lembrando então que no caso da nossa Amazônia o Programa Bolsa Família acaba atendendo junto com outros programas sociais porque há situações diferenciadas dependendo do tipo de cada comunidade, que pode ser extrativista, ribeirinha, quilombola e até mesmo indígenas.

Uma dúvida para a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campelo: qual o motivo, ministra, de registrar o tipo de comunidade a que pertence a pessoa na hora de fazer este registro único de pessoas necessitadas de inclusão social. Precisa escrever que é garimpeiro, indígena, extrativista e tal? Confira as explicações da ministra.

Trocando em Miúdo: Programete sobre temas relacionados a economia e finanças, traduzidos para o cotidiano do cidadão. É publicado de segunda a sexta-feira.

Fonte: Radioagência Nacional

Deixe um comentário