Governo busca parcerias para consolidar programa de gastronomia no Acre

Com um roteiro de trabalho dirigido para o programa de gastronomia que vem sendo implantado no Acre, a primeira-dama Marlúcia Cândida esteve na última semana em São Paulo (SP) e em Brasília, cumprindo agenda com consultores e gestores na área.

A ideia com a agenda foi de buscar parcerias para a consolidação de dois projetos: o Festival Gastronômico de Mercado – Cultura e Arte, e a Escola de Gastronomia e Hospitalidade. O roteiro foi acompanhado pela consultora na área de gastronomia do gabinete da primeira-dama Patrycia Coelho.

O primeiro encontro foi com o jornalista Roberto Smeraldi, fundador e diretor, desde 1989, da OSCIP Amigos da Terra – Amazônia Brasileira e membro do Instituto Atá, que busca valorizar a culinária sustentável, incentivando o uso de ingredientes naturais pouco conhecidos.

“O Festival de Gastronomia foi contemplado no edital do Ministério do Turismo e será realizado em setembro deste ano. Queremos dar uma dimensão regional e internacional para o evento. Estamos desenhando junto com ele o apoio do Atá, para que, além do festival, possamos realizar outras ações paralelas ao evento, ou até mesmo antes, como na Bienal do Livro, que será em agosto”, explicou Marlúcia.

Patrycia Coelho falou sobre as sugestões apontadas por Smeraldi. “A ideia é de que, entre um evento e outro, possamos realizar workshops, palestras encontros, degustações e lançamentos de livros para incrementar o projeto”, disse Patrycia, que cumpriu mais duas agendas em São Paulo – a primeira com o chef Eduardo Mendel, sobre a Escola de Gastronomia e Hospitalidade, e em seguida com Tathyana Araújo, do Grupo 5 Bussiness Solutions, com foco em futuras parcerias para a gastronomia funcional.

Formação e turismo

Em Brasília, a reunião foi com o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Neosvaldo Ferreira Lima. “Com a dimensão que queremos dar ao festival, falamos que seria importante que o ministério nos apoie na busca de parcerias para consolidar a proposta que une gastronomia, cultura e turismo”, ressaltou Marlúcia.

No Centro Universitário IESB (Brasília), o encontro foi com o coordenador das Artes Culinárias, Sebastian Parasole, para afinar a consultoria e orientações fornecidas pelo IESB ao projeto da Escola de Gastronomia e Hospitalidade.

Outra agenda foi com a chef Mara Alcamim, proprietária do restaurante Universal Diner. “A Mara já comercializa o nosso peixe e tem vontade de vir ao Acre. Por amar essa ideia de mercado e comida de rua, nós a convidamos e ela se mostrou animada e quer muito vir participar do nosso festival.”

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Deixe um comentário