Acre e Peru discutem projeto de manejo para a Serra do Divisor

Pela primeira vez, os dois país discutem ações na área de divisa no Acre. Em 2015, 714 pessoas visitaram o Parque do Divisor, estima gerência.

Representantes do ICMBio, Peru e comunidades tradicionais se reúnem em Cruzeiro do Sul, para a 19ª reunião do Conselho Construtivo da Serra do Divisor. A ação visa tratar de assuntos de gestão dos parques com os órgãos representantes.

Essa é a primeira vez que o Peru, que criou em 2015 o Parque Nacional Sierra del Divisor, participa do evento para tratar de medidas que possam ser aplicadas nos dois países.

Maria Helena Diaz, gestora do parque peruano, fala da importância que encontros como esse têm na adoção de medidas de preservação nos dois países. “Temos problemas, como aqui tem também. Mas, estamos aqui para desenvolver nosso plano de manejo para poder articular as medidas e poder trabalhar com as comunidades que fazem parte da reserva”, disse.

Segundo Helena, uma das preocupações é a restauração da área natural perdida. “Temos postos de vigilâncias espalhados pelo parque e temos guardas florestais que fiscalizam toda a área para impedir os atos ilegais”, explica.

João Damasceno, gestor do Parque da Serra do Divisor no Brasil, diz que esse é um momento de destacar a educação ambiental e discutir o ecoturismo nos dois países. “Nós convidamos a gestora do lado peruano da serra para que possamos mostrar como executamos a gerência do parque aqui”, informa.

Segundo Damasceno, 362 famílias ainda habitam a serra e o desafio é levar a consciência ecológica para que essas pessoas preservem o local. “Além dessa educação ambiental, temos a questão do turismo, que está cada vez mais em alta. Ano passado, tivemos 714 visitantes e a procura continua. Devemos nos reunir para pensar medidas que possam ser desenvolvidas para o ecoturismo do parque”, finaliza.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*