Acre se prepara para desenvolver programa de monitoramento dos rios

Desenvolvido pela Agência Nacional de Águas (ANA), o Programa de Estímulo à Divulgação de Dados de Qualidade de Água (Qualiágua) é implementado no Acre, por meio da Secretaria Estado de Meio Ambiente (Sema).

Por dois dias, gestores da Sema e do Instituto de Mudanças Climáticas (IMC) estiveram reunidos com o especialista em recursos hídricos da ANA, Maurrem Ramon Vieira, para traçar o plano de metas do estado.

O Qualiágua visa contribuir para a gestão sistemática dos recursos hídricos, por meio da divulgação de dados sobre a qualidade das águas superficiais no Brasil, estimulando a padronização dos critérios e métodos de monitoramento de qualidade de água no país.

Outra proposta importante do programa é o fortalecimento e estruturação dos órgãos gestores estadual e da implementação da Rede Nacional de Monitoramento de Qualidade de Água (RNQA).

“A nossa proposta é viabilizar um retrato mais realista da situação dos rios, tanto qualitativo como quantitativa. Além disso, o Qualiágua busca incentivar os estados a divulgar os dados de monitoramento de água, e isso será fomentado por meio de uma premiação de parâmetros de qualidade”, explicou o representante da ANA, Maurrem Ramon Vieira.

O Estado vai receber R$ 330 mil em recursos da ANA para desenvolver o programa por cinco anos. Os principais rios acreanos serão monitorados, bem como todas as bacias hidrográficas do Estado também vão dispor de pontos de monitoramento.

Segundo a chefe da Divisão de Monitoramento da Qualidade da Água da Sema, Nadir Dantas, o recurso será dividido em cinco fatias. “Receberemos R$ 66 mil por ano, para investir no monitoramento dos nossos rios e desenvolver as metas do nosso planejamento”, explicou a gestora.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Deixe um comentário