Empresa incubada no Inpa cria plataforma de espécies agroextrativistas da Amazônia

A FloraUp – plataforma digital da sociobiodiversidade foi desenvolvido pela empresa Amazônia Socioambiental, que visa aumentar a conexão entre fornecedores, por exemplo, de castanha, breu, açaí e andiroba, e as pessoas e empresas com interesse nesses produtos

Na próxima terça-feira (28), a empresa Amazônia Socioambiental fará o pré-lançamento da plataforma FloraUP, um website participativo que apresenta espécies agroextrativistas integrada à Interface de Programação de Aplicativo, API Google Maps. O evento da empresa incubada no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) acontecerá às 9h30, no Auditório do Bosque da Ciência da instituição, que fica na Rua Otávio Cabral, s/nº, Petrópolis.

De acordo com o sócio administrador da empresa, Diego Brandão, a FloraUp une a “beleza do desenvolvimento colaborativo” com a eficiência das tecnologias da informação e da comunicação. A plataforma foi pensada e projetada para tornar visível as organizações fornecedoras de produtos agroextrativistas – como copaíba, andiroba, breu, castanha, açaí e pupunha – e atender as pessoas que desejam acessar esses fornecedores e produtos.

“O FloraUp é uma alternativa escalável para o problema de baixa conexão entre os fornecedores de produtos da sociobiodiversidade”, disse Brandão, que é biólogo com mestrado em Ecologia.

A Plataforma visa atender associações e cooperativas de base, povos e comunidades tradicionais, empresas de setores diversos como cosméticos, sucos, alimentos e bem-estar, além de gestores públicos, universitários, pesquisadores, consumidores independentes e as empresas que buscam inovações com valor social e compartilhado.

Segundo Brandão, a ideia é que o website funcione como uma startup – seja independente, esteja dentro dos ambientes de inovação e que tenha mulheres na liderança, vinculadas aos apoiadores da plataforma, e à Amazônia Socioambiental.

No pré-lançamento serão apresentadas de forma inédita as telas de interação com o usuário e o formato do modelo de negócio da FloraUP. Os interessados em participar podem se inscrever pelo seguinte endereço: https://goo.gl/ELrKm7.

O lançamento oficial da plataforma em funcionamento está previsto para agosto de 2016, em local a definir. Mais informações podem ser obtidas pelos e-mails: diego@amazoniasocioambiental.com.br e livia@amazoniasocioambiental.com.br.

Fonte: INPA

Deixe um comentário