‘Floresta de pé é minha mãe’, diz indígena cuja tribo transferiu aldeia para afastar madeireiros

ka'apor

Para defender suas terras contra a ação ilegal de madeireiros, os índios Ka’apor estão mudando suas aldeias de lugar.

A reserva no Maranhão onde moram tem cerca de 5 mil quilômetros quadrados e as dez aldeias da etnia ficavam no interior da mata fechada. Mas os madeireiros, segundo os índios, invadiram ao menos 15% de seu território.

Para resistir ao cerco dos madeireiros, os índios mudaram duas aldeias para as bordas da reserva e estão fazendo “patrulhas” para tentar flagrar ações ilegais. Mas desde 2008, seis líderes indígenas foram assassinados e os que restaram receberam ameaças.

Veja o depoimento de uma das líderes, Mariusa Ka’apor.

Fonte: BBC

Deixe um comentário

Um comentário em “‘Floresta de pé é minha mãe’, diz indígena cuja tribo transferiu aldeia para afastar madeireiros

  • 21 de junho de 2016 em 21:55
    Permalink

    Onde estão os órgãos de defesa aos índios e ao meio ambiente. Vamos protestar. Vamos fazer petições para que o ministério publico interfira em crimes contra os povos indígenas.FUNAI, MP. se manifestem, por favor!

Fechado para comentários.