Urgências ambientais na mesa do novo Ministro

Entidades entregam agenda de ações imediatas ao Ministério do Meio Ambiente para evitar novos retrocessos na área ambiental Um conjunto de ONGs que atuam na área ambiental se reuniu hoje (8) com o novo ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, para entregar uma carta com demandas sobre questões socioambientais do país e a agenda de enfrentamento da crise climática global.

No documento estão presentes pontos como a reordenação da discussão em torno das mudanças propostas na legislação de Licenciamento Ambiental e o debate sobre as metas do Brasil para o clima. Neste último ponto, destaque para a necessidade de revisão da vergonhosa meta apresentada pelo país no combate à destruição florestal: permitir o desmatamento ilegal da Amazônia por mais 15 anos. Outro destaque do documento é sobre a não aprovação do licenciamento da usina Hidrelétrica do Tapajós, no estado do Pará.

Os assuntos tratados com o ministro, num total de cinco eixos, não resumem o conjunto de demandas socioambientais do país, mas revela algumas das agendas prioritárias do setor que necessitam de ação urgente e decisiva do Ministério do Meio Ambiente.

O encontro também é uma importante demonstração de retomada do diálogo entre o Ministério e a sociedade civil.

Leia aqui a carta na íntegra

Fonte: Greenpeace Brasil 

Deixe um comentário