Mãe-de-taoca-papuda é avistada na Amazônia e em parte do Mato Grosso

Espécie constrói ninho em forma de tigela a poucos metros do chão.  Ave se alimenta de artrópodes.

Mãe-de-taoca-papuda tem plumagem castanha, cabeça negra e peito branco (Foto: Dirceu Martins/ TG)
Mãe-de-taoca-papuda tem plumagem castanha, cabeça negra e peito branco (Foto: Dirceu Martins/ TG)

Mãe-de-taoca-papuda (Rhegmatorhina hoffmannsi) é ave com cerca de 15 centímetros que pertence à família Thamnophilidae.

O macho da espécie tem a parte superior no tom marrom, coroa e nuca na cor preta. Asas e cauda são marrom-esverdeados e a face, garganta e peito são brancos.

Na fêmea, o ventre é castanho-claro, o manto e asas são castanhos com pintas pretas. A cauda também é castanha. Tanto o macho quanto a fêmea têm os olhos escuros e a região ao redor é branca.

Alimenta-se de artrópodes que encontra no solo e que fogem de formigas-de-correição.

Constroem ninho com materiais secos em formato de tigela aberta. Geralmente é feito sobre uma base firme e fica a poucos metros do chão.

Ocorre na Amazônia, em Rondônia e no noroeste de Mato Grosso, principalmente no leste do rio Madeira.

Fonte: G1

Deixe um comentário