Cientistas dos EUA discutem na Ufopa impactos no clima da Amazônia

Seminário aconteceu nesta quinta-feira(01), no campus Tapajós. Pesquisadores da Universdidade da Califórnia palestraram no evento.

Pesquisadores das Universidade da Califórnia-Irvine (UCI), nos Estados Unidos e do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares da Universidade de São Paulo (USP), estiveram reunidos no 1º Seminário do Projeto Pesquisador Visitante Especial, realizado nesta quinta-feira (01), na sede da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), em Santarém para debater sobre as questões climáticas na Amazônia.

Com o tema “Formação de partículas ultrafinas e impactos no clima regional da Amazônia” o seminário tinha por objetivo atrair instituições brasileiras pesquisadores renomados e lideranças internacionais que tenham destacada produção científica na região. O evento tinha como público alvo a comunidade acadêmica e demais interessados pela temática e contou com a participação de renomados pesquisadores das Ciências Climáticas e Ambientais.

O cientista José Oscar Bustillos, possui vasta experiência em química analítica, atuando principalmente em estudos ambientais de gases e análise por espectrometria de massa e cromatografia gasosa.

No departamento de química da UCI, James Smith desenvolve equipamentos e metodologias para aperfeiçoar a análise química de aerossóis orgânicos emitidos para a atmosfera, promovendo uma melhor compreensão sobre os impactos na formação de nuvens e no clima, seja a nível local ou global.

Com estudos sobre os gases orgânicos emitidos por florestas tropicais, Alex Guenther é reconhecido como uma das autoridades científicas sobre os ecossistemas terrestre e atmosférico. O pesquisador também contribuiu para a elaboração do terceiro e quarto relatórios do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), Ao fim do seminário teve a assinatura do protocolo de Intenções que antecede o Acordo de Cooperação entre a UFOPA e a UCI.

Por: Ana Carolina Maia
Fonte: G1

Deixe um comentário