Empresária distribui produtos da Amazônia para clientes de São Paulo

A saudade do Pará fez com que ela resolvesse investir nesse ramo. A previsão para o ano que vem é de investimento e crescimento.

Uma empresária que nasceu em Belém e mora em São Paulo cansou de sentir saudade da terra natal e montou uma revenda de produtos típicos da região norte do Brasil. Tem jambu, farinha d’agua, graviola e tucupi: tudo o que você precisa para montar um cardápio ‘made in Amazônia’.

Fabio Vieira é chef de um restaurante que valoriza os sabores do Brasil. “São coisas nossas, brasileiras, que têm que chegar na mesa. Muita gente não conhece”.

Os ingredientes quem fornece é a Marina Cabral, uma paraense que vive em São Paulo. Há um ano e meio ela abriu uma distribuidora de produtos típicos da Amazônia. “Existia uma demanda por parte dos restaurantes, hotéis, escolas de gastronomia, mas faltava uma distribuição mais eficiente, mais eficaz. A questão do estoque, da pronta entrega, da logística”, conta ela.

A Marina investiu R$ 250 mil em pesquisa, viagens, equipamentos. O mais difícil foi garimpar os fornecedores. O trabalho levou quase um ano. “Fizemos investimento em equipamento, embalagem rotulo, trabalho que fazemos até hoje. Quando trabalha com pequeno, não adianta só comprar e pagar, tem que fazer parte do todo”.

A empresa fornece para hotéis, restaurantes, escolas. Por mês, vende uma tonelada de produtos e fatura R$ 30 mil. Para esse tipo de negócio, ainda é pouco. “Agora para 2017, a ideia é terminar o primeiro semestre dobrando esse volume e aumentar a estrutura da empresa. Porque para você ter um lucro bom em termos de distribuição, o volume tem que ser muito alto de vendas para compensar”.

Gente para experimentar esses sabores não vai faltar. O chef Fábio garante! “Para mim faz toda diferença, eu ganho mercado, com certeza, de colocar à mesa um produto desse”.

COMBU – PRODUTOS DA AMAZÔNIA

Rua Gama Lobo, 2319. Alto do Ipiranga
São Paulo/SP – CEP: 04269-000
Telefones: (11) 2307-7100 / (11) 2307-6100 /(11) 9.9318-2232
Site: www.combu.com.br

Fonte: G1

Deixe um comentário