Exército faz estudo para garantir participação de indígenas nas eleições em Juína

Oficiais do Exército Brasileiro já estão em Juína fazendo um trabalho através do serviço de inteligência.

O objetivo é elaborar uma estratégia para fazer a escolta de indígenas da etnia Enawenê-Nawê no dia 2 de outubro para votarem nas eleições municipais.

De acordo com o juiz eleitoral, Roger Bin Donega já estão sendo feitos diversos levantamentos com homens do exército infiltrados na sociedade para fazer um planejamento de segurança de um grupo de indígenas.

O magistrado entende que é necessário que os indígenas devem exercer o voto, e que a sociedade precisa compreender que isso é direito.

“Como responsável pela justiça eleitoral farei cumprir esse papel constituído pela democracia brasileira aos povos indígenas”, finalizou.

Os representantes do Exército Brasileiro se reuniram com o juiz na manhã desta quarta-feira(14) no cartório eleitoral.

Por: Cleber Batista
Fonte: TOPNews

Deixe um comentário