Usina de Belo Monte recebe autorização para operar nova turbina

A hidrelétrica de Belo Monte, que está sendo construída no rio Xingu, no Pará, recebeu autorização para colocar mais uma turbina em operação comercial, segundo despacho da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Segundo a agência, a máquina liberada tem 611,1 megawatts em capacidade instalada. Com isso, a hidrelétrica passa a operar com cerca de 2 gigawatts em capacidade, de um total de 11,2 mil megawatts que a usina terá quando concluída.

Orçada em R$ 33,8 bilhões, Belo Monte tem como principais acionistas a estatal Eletrobras, com cerca de 50%, e as elétricas Cemig, Light e Neoenergia, além da Vale e dos fundos de pensão Petros e Funcef.

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe um comentário