Roraima deporta 450 venezuelanos em situação irregular no país

A Polícia Federal (PF) começou ontem (9) a deportar 450 venezuelanos em situação irregular no Brasil. Segundo informações da PF em Roraima, os estrangeiros foram a Boa Vista para comercializar artesanato.

A maioria deles vivia no centro da cidade, próximo à Feira do Passarão, onde pediam esmolas. A previsão é que grupo chegue a Pacaraima (RR) esta noite, de onde devem partir para seu país natal sob responsabilidade do governo venezuelano.

O grande fluxo de venezuelanos em Roraima levou o governo do estado a decretar situação de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional nos municípios de Pacaraima e Boa Vista. A região faz fronteira com a Venezuela, que vive uma forte crise política e econômica e gerou o êxodo de cerca de 30 mil venezuelanos para o Brasil nos últimos dois anos.

De acordo com a Polícia Federal, este ano aproximadamente 900 venezuelanos com documentação irregular foram deportados a partir do estado de Roraima.

Por: Aline Leal
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Fábio Massalli

Deixe um comentário

Um comentário em “Roraima deporta 450 venezuelanos em situação irregular no país

  • 12 de dezembro de 2016 em 20:53
    Permalink

    A deportação não ocorreu em decorrência de medida judicial própria ajuizada pela Defensoria Pública da União junto à 4ª Vara Federal em Roraima, por se tratarem, em significativa maioria de indígenas apátridas,(indígenas das fronteiras que não possuem qualquer forma de documentação e são rejeitados tanto pela Venezuela quanto pela Guiana, bem como pelo Brasil. A ordem judicial concedida foi pelo fato de que a Polícia Federal não no respeitado no procedimento os princípios do contraditório e da ampla defesa e dos recursos a inerentes.

Fechado para comentários.