Desligamento em LT deixa Manaus, Macapá e Belo Monte desconectadas do SIN

Houve interrupção de cargas nas capitais Manaus e Macapá, além do desligamento de 2.400 MW em Belo Monte e nas usinas Santo Antônio do Jari e Ferreira Gomes

O desligamento automático LT 500kV Tucuruí/Xingu C.1 e C.2 ocorrido às 22h32min do último domingo, 30 de janeiro, isolou o sistema Manaus/ Macapá/ Belo Monte do restante do Sistema Interligado Nacional. Também houve o desligamento automático das unidades geradoras 2, 3 e 4 da UHE Belo Monte, rejeitando 2.400 MW de geração, o desligamento das Usinas Tambaqui, Jaraqui, Manauara, Ponta Negra, Cristiano Rocha e Mauá Bloco III no Amazonas e o desligamento da UHE Santo Antônio do Jari e da UG 3 da UHE Ferreira Gomes. Houve a interrupção de 254 MW de carga, sendo 214 MW na Eletrobras Amazonas Energia (AM) e 40 MW na CEA (AP). O Operador Nacional do Sistema Elétrico investiga a causa do desligamento.

De acordo com o ONS, às 22h38min foi iniciada a recomposição das cargas interrompidas. As cargas do Amapá voltaram às 22h46min e as do Amazonas, às 22h57min. às 22h41min começou a normalização dos equipamentos, terminando às 23h11min.

Por: Pedro Aurélio Teixeira
Fonte: Canal Energia

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*