60% das crianças de até 14 anos vivem na probreza na Região Norte

Lançado ontem (21), o Cenário da Infância e Adolescência no Brasil divulgou que 40,2% da população brasileira de até 14 anos vivem em domicílios de baixo renda. A Região Norte tem os índices mais altos, com 60,6% de crianças e adolescentes vivendo com renda domiciliar per capita mensal igual ou inferior a meio salário mínimo.

Elaborado pela Fundação Abrinq, o estudo foi realizado utilizando dados de fontes públicas, entre elas o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). São 17 milhões de crianças vivendo na pobreza em todo o país, desse total, 5,8 milhões vivem em situação de extrema pobreza, caracterizada quando a renda per capita é inferior a 25% do salário mínimo.

A violência foi um dos temas abordados pelo estudo. Segundo o estudo, 10.465 crianças e jovens até 19 anos foram assassinados no Brasil em 2015, o que corresponde a 18,4% dos homicídios cometidos no país nesse ano. Em mais de 80% dos casos, a morte ocorreu por uso de armas de fogo.

Os dados completos podem ser vistos no site www.observatoriocrianca.org.br

Fonte: Amazônia.org.br

Deixe um comentário