Guia orienta produtores sobre sistemas agroflorestais

Publicação do ICRAF traz sugestões sobre como implantar SAF de acordo com condições de cada agricultor

Guia orienta produtores sobre sistemas agroflorestaisA fim de orientar produtores, técnicos e formuladores de políticas sobre as implicações práticas dos sistemas agroflorestais (SAF) – combinação de culturas agrícolas com espécies arbóreas para restaurar florestas e recuperar áreas degradadas -, o Centro Internacional de Pesquisa Agroflorestal (ICRAF) lançou o Guia Técnico de Restauração Ecológica com Sistemas Agroflorestais. O livro traz informações sobre como restaurar e recuperar por meio de estratégias que conciliam a conservação com benefícios sociais.

Com base em uma extensa pesquisa envolvendo atores com experiência nos temas de restauração e SAF e a análise das normas que regem o uso de SAF em áreas de proteção ambiental – Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reservas Legais (RL) -, foi formulada uma série de recomendações para superar os desafios dos sistemas agroflorestais e regulamentar a implementação do Código Florestal, além de sugestões sobre como implantar SAF de acordo com as condições de cada agricultor e do ambiente que ele ocupa. Essas sugestões foram sistematizadas a partir de 19 experiências bem sucedidas de SAF, que trazem lições para replicação de boas práticas.

O guia traz uma relação detalhada das espécies-chave para o produtor recuperar áreas degradadas. Ao todo, 130 espécies consideradas importantes para restauração com SAF compõem uma tabela geral. Para alguns dos contextos mais comuns, como pastagens degradadas e áreas de vegetação nativa em regeneração, são apresentadas 11 opções agroflorestais que podem ser adaptadas de acordo com as características da propriedade.

Embora o livro seja focado nos biomas Cerrado e Caatinga, a metodologia de diagnóstico socioambiental, os princípios e critérios para seleção de espécies e desenho de sistemas, assim como as técnicas de implantação e manejo, podem ser aplicados em outras regiões.

O Guia está disponível gratuitamente para download: https://goo.gl/3xuqUn

Por: Talise Rocha
Fonte: Observatório ABC

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*