Maranhão tem cidade em situação de emergência por conta da chuva

Governo Federal aponta emergência em 40 cidades de 10 estados.

O Ministério da Integração Nacional (MIN) reconheceu situação de emergência por causa das chuvas intensas que causaram enxurradas em Marajá do Sena, no centro-sul do Maranhão. A medida, publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (5), permitirá que a prefeitura solicite apoio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil para ações de socorro e assistência à população, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas.

De acordo com dados do IBGE, a cidade é a segunda mais pobre do Brasil e fica a pouco mais de 400 km de São Luís. Mais da metade da população (53,37%) se encontra na pobreza. A cidade tem população estimada em oito mil habitantes. Ainda de acordo com os dados do instituto de pesquisa, a maior parte da população depende do programa federal Bolsa Família.

Para ter acesso aos recursos materiais e financeiros de apoio emergencial disponibilizado pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, o município deve apresentar um relatório com o diagnóstico dos danos e o Plano Detalhado de Resposta (PDR).

Todas as informações devem ser feitas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID), disponível no endereço eletrônico. Após a análise técnica por equipes da Sedec, o Ministério define o valor do recurso a ser disponibilizado.

Ao todo, o Ministério da Integração Nacional reconheceu 40 cidades atingidas por desastres naturais. Em 19 localidades, o reconhecimento federal é decorrente do prolongado período de seca e estiagem. Chuvas intensas, alagamentos, inundações, enxurradas e erosão costeira levaram à emergência outros 21 municípios.

Fonte: G1

Deixe um comentário