Ibama exige mais informações da Total para exploração de petróleo na Foz do Amazonas

Após leilão, recife de corais foi descoberto perto de blocos

Província petrolífera de Urucu: unidade de negócios de exploração e produção da Petrobras na Bacia do Solimões. Foto: Custodio Coimbra/Agência O Globo/09-10-2003 – Custódio Coimbra

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) informou na noite de segunda-feira que necessita de mais informações da petroleira francesa Total para conceder licença ambiental para a empresa explorar blocos de petróleo na Foz do Amazonas.

Em comunicado, o Ibama afirmou que já requisitou informações da Total três vezes sobre o projeto, e que se a petroleira não responder a essa última solicitação, poderá arquivar o processo de licenciamento.

A Total lidera um consórcio — do qual também fazem parte a britânica BP e a Petrobras — que comprou cinco blocos de exploração de petróleo no local em 2013, mas a descoberta de um recife de corais a apenas 28 quilômetros levantou dúvidas sobre o licenciamento. Procurada por email, a Total não respondeu a pedidos de comentários.

Fonte: O Globo

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.