Campanha coleta doações para indígenas venezuelanos em Belém (PA)

A maior parte dos Warao está vivendo nas ruas da capital, e um novo grupo de indígenas deve chegar nos próximos dias

Órgãos públicos e organizações não governamentais lançaram nesta segunda-feira (02) uma campanha para arrecadar donativos para indígenas venezuelanos em Belém (PA).

Desde julho, 51 indígenas Warao já chegaram à capital paraense e a maioria está desabrigada ou em ambientes totalmente precários.

Segundo o Consulado da Venezuela, outros 26 podem chegar nos próximos dias. De acordo com o governo do Amazonas, no total são 82 os indígenas a caminho de Belém.

A campanha é promovida pelo Ministério Público Federal (MPF), Defensoria Pública da União (DPU), Fundação Nacional do Índio (Funai), Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), fundação Papa João 23 (Funpapa), e pela organização não governamental Cáritas Brasileira.

Estão sendo solicitadas doações dos seguintes itens: sabonetes, pastas de dente, escovas de dente, toalhas, fraldas descartáveis tamanho P e M, roupas para crianças, mulheres e homens adultos e frutas (menos as cítricas).

Confira os endereços para doação:

  • Cáritas Brasileira: travessa Barão do Triunfo, 3151, bairro do Marco (prédio da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB) – entre as avenidas Almirante Barroso e Rômulo Maiorana (mapa)
  • DPU: rua Boaventura da Silva, 180, no bairro do Reduto – entre as travessas Rui Barbosa e Quintino Bocaiuva (mapa)
  • Funai: travessa Padre Eutíquio, 2315, no bairro Batista Campos – entre a rua Fernando Guilhon e a rua dos Timbiras (mapa)
  • Funpapa: avenida Rômulo Maiorana, 1018, no bairro do Marco – entre as travessas Timbó e Vileta (mapa)
  • MPF: travessa Dom Romualdo de Seixas, 1476, no bairro do Umarizal – entre as ruas Domingos Marreiros e Antônio Barreto, no bairro Umarizal (mapa)
  • Sejudh: rua 28 de setembro, 339, no bairro do Comércio – entre a avenida Presidente Vargas e a travessa Frei Gil (mapa)

Fonte: MPF

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*