Pescadores da RDS Mamiraurá fazem última venda de pirarucu manejado do ano, em Manaus

Serão disponibilizadas cinco toneladas para venda a preço popular, na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS).

Esse fim de semana será a última oportunidade em 2017 para comprar pirarucu manejado direto dos pescadores da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, no Rio Solimões. Os produtores estarão sexta (1º), sábado (2) e domingo (3), a partir das 7h, na sede da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), na Rua Álvaro Braga, na frente do condomínio Miami Park.

O quilo do filé do peixe será vendido por R$ 16, enquanto o quilo da ventrecha (barriga) custará R$ 14. Já a manta do peixe (mistura do filé e ventrecha) terá o quilo vendido por R$ 15 e a carcaça sairá R$ 5,.

O pagamento será feito apenas em dinheiro diretamente aos pescadores. A venda do pescado deve beneficiar diretamente cerca de 70 famílias que vivem na RDS Mamirauá.

Venda será realizada na FAS (Foto: Bruno Kelly/ FAS)
Venda será realizada na FAS (Foto: Bruno Kelly/ FAS)

“Essa feira tem como objetivo disponibilizar os estoques de pescado sustentáveis, oferecendo o pirarucu como uma boa pedida para as festas de fim de ano. Todo o peixe é legalizado e autorizado, uma oportunidade para as famílias da cidade colaborarem com as famílias dos pescadores”, enfatiza Edson Souza, pescador da RDS Mamirauá.

O manejo do pirarucu é uma atividade sustentável que acontece com apoio do Fundo Amazônia/BNDES e conta com a supervisão do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O órgão controla a quantidade de peixes que devem ser pescados nos lagos da Unidades de Conservação (UCs), que são criados livres em lagos, onde se alimentam de forma natural e só podem ser capturados quanto atingem o tamanho mínimo de 1,5 m.

Fonte: G1 Amazonas

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*