Belém registra execuções em praça e vias públicas nesta terça

Ao menos quatro mortes com características de execução foram registradas. Os casos foram em locais movimentados – na av. Almirante Barroso, av. Pedro Álvares Cabral, na r. dos Pariquis e na praça Dalcídio Jurandir.

Quatro pessoas foram mortas a tiros nesta terça-feira (8) em Belém. A Polícia informou que ainda está levantando informações sobre os casos. Entre as vítimas estão dois flanelinhas, um ex-vereador e um homem que trabalhava em uma oficina de carros.

Por volta das 14h, um homem foi morto a tiros por um motoqueiro na av. Almirante Barroso, próximo à tv. Antônio Baena, no bairro do Marco. A vítima foi identificada como Esau Santa Brígida de Moura, que trabalhava como flanelinha.

Em Batista Campos, outro flanelinha identificado como Márcio João da Conceição dos Anjos, de 35 anos, foi morto com pelo menos cinco tiros – três nas costas e dois na cabeça. Dois suspeitos encapuzados fizeram os disparos. Segundo informações preliminares, a vítima morreu na hora.

Testemunhas disseram que ele trabalhava na área e era de confiança. Já a polícia disse que tem passagem e é foragido do sistema penitenciário. A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) diz que há um detento com o nome Márcio João da Conceição dos Anjos, foragido desde 2014, mas não confirma se tratar da mesma pessoa vítima de assassinato.

Na Cremação, um homem identificado preliminarmente como Adriano de Freitas Conceição, de 19 anos, foi morto a tiros na praça Dalcídio Jurandir, no bairro Cremação. A vítima também foi morta por dois homens que chegaram de moto e dispararam. Ele trabalhava em uma oficina localizada em frente à Praça. Testemunhas disseram que o rapaz não tinha envolvimento com o crime.

Um ex-vereador de Capitão Poço, nordeste do Pará, foi executado na frente da esposa dentro do próprio carro. Ele morreu na hora. O crime aconteceu na av. Pedro Álvares Cabral, nas proximidades do elevado Daniel Berg.

Fonte: G1

Deixe um comentário