Depois de dois anos de crescimento, desmatamento na Amazônia volta a cair

Desmatamento no entorno do Parque Indígena do Xingu | © Beto Ricardo/ISA

Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisa Espacial (Inpe) apontam que o desmatamento da Amazônia atingiu 6.947 quilômetros quadrados (km2) entre agosto de 2016 a julho de 2017. Uma queda de 12%, se considerar os 7.893 km2 registrados no mesmo período do ano anterior.

Após redução histórica em 2012, quando o desmatamento atingiu 4.571 km2, as taxas voltaram a oscilar com crescimentos e leves reduções. Fazia dois anos que o desmatamento não voltava a apresentar quedas. Segundo o Ministério do Meio Ambiente os dados de agosto de 2017 a julho de 2018 devem ser divulgados no segundo semestre deste ano.

Amapá, Maranhão e Mato Grosso foram os Estados apresentaram as maiores taxas de desmatamento em 2018.

PRODES (Km2)

Ano
Estado 2016 2017
Acre 372 257
Amazonas 1129 1001
Amapá 17 24
Maranhão 258 265
Mato Grosso 1489 1561
Pará 2992 2433
Rondônia 1376 1243
Roraima 202 132
Tocantins 58 31
Total 7893 6947

Fonte: Amazônia.org.br

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.