Vem aí a 7a Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental

Com entrada gratuita, a Mostra mais importante do gênero na América do Sul está imperdível, com 121 filmes de 31 países que serão exibidos em diversas salas de São Paulo, incluindo o vídeo de realidade virtual do Greenpeace que simula sensorialmente a visita à uma aldeia Munduruku

Chico Mendes – Foto: Divulgação

A tradicional Mostra Ecofalante de Cinema Ambiental está pronta e chega em sua sétima edição maior em importância e tamanho. São 121 filmes de 31 países, muito deles inéditos, para quem ama cinema e natureza. Este ano, o homenageado será Chico Mendes, em função dos 30 anos da morte do líder seringueiro, com uma seleção especial de filmes dedicados à sua memoria.

O evento vai de 31/5 a 13/6 em diversas salas de cinema e espaços culturais da cidade de São Paulo – confira a programação completa. Um dos destaques é a retrospectiva histórica do polêmico diretor alemão Werner Herzog com 18 filmes, que já considerada a maior do diretor já realizada no Brasil.

Outra atração imperdível é a primeira experiência multissensorial de realidade virtual capaz de reproduzir uma vivência dentro de uma aldeia indígena na Amazônia. A cápsula instalada no Cine Olido exibirá o filme “Munduruku – A Luta para Defender o Coração da Amazônia”, permitindo ao público visitar e “sentir” a aldeia Sawré Muybu, às margens do rio Tapajós, a partir de estímulos táteis, auditivos e olfativos.

A Mostra Internacional Contemporânea tem ainda filmes assinados por nomes como Jia Zhangke, Julien Temple D. A. Pennebaker e Wang Bing. E a Competição Latino-Americana traz 28 títulos representando oito países da região.

Além dos filmes, será possível participar de uma série de debates sobre temas como preservação, povos e lugares, consumo, trabalho e cidades, além de workshops.

Fonte: Greenpeace

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*