Eletrobras firma memorando com francesa EDF para estudos sobre Angra 3

A Eletrobras informou que, juntamente com sua subsidiária, a Eletronuclear, firmou um memorando de entendimento com a empresa francesa Électricité de France (EDF) para promover cooperação na área nuclear. A Eletronuclear é responsável pela operação das usinas nucleares Angra 1 e Angra 2 e pela construção de Angra 3.

Segundo o comunicado publicado na noite de ontem (6) no site da Comissão de Valores Mobiliários, as empresas estudarão a possibilidade de a EDF colaborar com a retomada e conclusão das obras de Angra 3 e também no desenvolvimento de novas usinas nucleares no Brasil.

Estimativas do Tribunal de Contas da União (TCU), divulgadas em agosto do ano passado, apontam que é necessário um aporte de R$ 17 bilhões para a conclusão da obra.

“Além disso, a companhia francesa contribuirá com sua expertise para a operação de Angra 1 e Angra 2 na prevenção do envelhecimento de materiais, na identificação do risco de obsolescência de equipamentos, em manutenção e em treinamento”, disse a Eletrobras.

A companhia francesa também se ofereceu para contribuir na operação das usinas Angra 1 e Angra 2, em temas como a prevenção do envelhecimento de materiais, a identificação do risco de obsolescência de equipamentos, em manutenção e treinamento.

As atividades a serem realizadas no âmbito do acordo serão feitas por meio de contratos específicos, que serão definidos posteriormente. A validade do memorando é de três anos, podendo ser estendida para até cinco anos.

Por: Luciano Nascimento
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Denise Griesinger

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.