Polícia prende acusados de fraudes ambientais em Dom Eliseu, no Pará

Os acusados eram investigados pela operação “Quimera”. Segundo a polícia, uma pessoa ainda está foragida.

Foram presos em Belém nesta quinta-feira (26) dois empresários investigados pela operação “Quimera” da Polícia Civil, que combate fraudes relacionadas a crimes ambientais em Dom Eliseu, nordeste do Pará.

Segundo a polícia, no dia 17 de julho foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão de documentos que devem ser usados para apurar a existência de empresas na cidade com utilização de “laranjas”. De acordo com as investigações, essas pessoas tinha o objetivo de “esquentar” madeira extraída de forma ilegal na região.

Os dois presos não haviam sido encontrados durante a operação em Dom Eliseu e estavam foragidos. Ambos tinham mandado de prisão decretado e foram apresentados nesta quinta na Seccional de Icoaraci. Um terceiro acusado ainda não foi localizado pela Polícia.

Durante a operação em Dom Eliseu, os policiais encontraram diversos documentos queimados, alguns deles ainda com a brasa acesa.

Além de documentos, a Polícia apreendeu computadores que podem conter arquivos de interesse nas investigações. O resultado da perícia dos materiais ainda não foi divulgado.

Fonte: G1

Deixe um comentário