Para valorizar as manifestações culturais e espirituais, Dia da Cultura Ayahuasqueira é criado no Acre

Câmara Temática das Culturas Ayahuasqueiras fez o pedido da criação da lei à Aleac. Documento foi publicado no DOE, nesta segunda (30).

Lei cria o Dia da Cultura Ayahuasqueira para valorizar manifestação espiritual do Acre (Foto: Janine Brasil/G1)

Para valorizar as manifestações culturais e espirituais originalmente acreanas, o governo do Acre sancionou, nesta segunda-feira (30), a criação do Dia da Cultura Ayahuasqueira. A data deve ser comemorada no dia 24 de novembro.

A lei nº 3.399 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) e assinada pelo governador Tião Viana.

Ao G1, Onides Bonaccorsi Queiroz, articuladora da Câmara Temática das Culturas Ayahuasqueiras de Rio Branco, disse que foi a entidade que fez a solicitação da lei de criação para a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

“A lei também defende a diversidade cultural do Estado, já que seguidores de linhagens ayahuasqueiras sofreram, ao longo do tempo, discriminações e perseguições. Hoje, os benefícios medicinais, psíquicos e sociais da ayahuasca administrada de forma responsável são objeto de estudo de pesquisadores do mundo todo”, destacou.

Onides explicou ainda que a data escolhida, 24 de novembro, possui valor simbólico, pois em 24 de novembro de 1991 foi assinada a Carta de Princípios para o uso da ayahuasca perante a sociedade e o Governo Federal. Assim, a data é considerada significativa para todas as entidades e povos que fazem o uso responsável da bebida.

“A data deverá ser um dia de homenagens a figuras importantes da história ayahuasqueira no estado e outras atividades de promoção da cultura”, finaliza Onides.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.