Polícia Civil cumpre mandados judiciais na Assembleia de Mato Grosso

Policiais buscam provas de crimes que envolvem empresários e deputados

Operação Déjá Vu cumpriu esta manhã mandados de busca e apreensão na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso. A operação tem por objetivo a obtenção de “provas para subsidiar investigações em curso e apuração dos crimes de associação criminosa, supressão de documentos e peculato, com envolvimento de servidores públicos, empresários e parlamentares estaduais”, diz a nota do Ministério Público.

A operação está sendo conduzida pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco)
A operação está sendo conduzida pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) – Divulgação/Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso

Os mandados foram expedidos pelo desembargador João Ferreira Filho, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, e estão sendo cumpridos pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), integrado por membros do MP, da Polícia Civil e Polícia Militar. As ações ocorrem sob sigilo de Justiça.

Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Aécio Amado

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.