Ribeirinhos afetados por vazamento de óleo no Rio Negro em Manaus recebem auxílio

Vazamento ocorreu após o naufrágio de uma embarcação.

Ao menos cem famílias de comunidades afetadas por um vazamento de óleo no Rio Negro, em Manaus, começaram a receber o auxílio. O problema ocorreu após o naufrágio de uma embarcação em um porto do Grupo Chibatão, próximo à Ceasa.

Além da medida paliativa de auxílio à alimentação e financeira, a empresa AJ.F Oliveira também vai ser obrigada a reparar danos ambientais. Aves que vivem na região começaram a sentir os efeitos da contaminação.

O medo da ribeirinha Jane Gomes é que daqui a algum tempo o óleo derramado no rio prejudique a pesca.

Pelo menos três comunidades foram afetadas com o vazamento de óleo na orla do Rio Negro (Foto: Ricardo Oliveira/Ipaam)
Pelo menos três comunidades foram afetadas com o vazamento de óleo na orla do Rio Negro (Foto: Ricardo Oliveira/Ipaam)

Além dos danos ambientais, o naufrágio da embarcação, que causou o derramamento de óleo no Rio Negro, também trouxe prejuízos financeiros. A autônoma Irani Santos disse que os dois botes dela estão inutilizáveis. Ela contou que um deles era usado para transporte e o outro para trabalho.

A área portuária da empresa J.F Oliveira continua embargada. A empresa também vai ter que arcar com os danos materiais dos moradores, segundo o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM).

Uma outra preocupação é a contaminação da água que é capitada na estação do Proama. Em nota, a Manaus Ambiental informou que redobrou os cuidados em relação ao controle da água captada na estação e que não há risco de contaminação.

Fonte: G1
Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.