Roraima diz que retomou fornecimento de refeição a detentos

Na semana passada, presos de Boa Vista se alimentaram com doações

O governo de Roraima informou que foi retomada, na tarde desta quinta-feira (4), o fornecimento de refeições aos detentos do sistema prisional em Boa Vista. Os presos se alimentaram na última semana com doações feitas por familiares. A empresa Qualigourmet Serviço de Alimentação interrompeu a entrega de refeições, após falta de pagamento por parte do governo do estado.

A juíza da Vara de Execuções Penais Joana Sarmento afirma que o problema começou ainda em 2017, com interrupções parciais, mas se agravou no fim do mês passado, quando os detentos chegaram a ficar sem nenhuma refeição fornecida pelas unidades prisionais.

“A gente já tem, aqui em Roraima, uma potencialidade de rebelião dentro das unidades prisionais porque elas são extremamente precárias. E ainda deixa gente com fome dentro da unidade prisional, não tem como dar certo. Aliás, me estranha muito que ainda não tenha estourado uma nova rebelião”, disse a juíza.

A Secretaria de Justiça e Cidadania de Roraima disse, em nota, que fez o repasse de quase R$ 700 mil à Qualigourmet Serviço de Alimentação. O valor para o pagamento do serviço estava em uma conta bloqueada e, para solucionar o problema, a Justiça autorizou o desbloqueio, o que permitiu o depósito na conta bancária do Fundo Penitenciário Estadual. A Vara de Execuções Penais continua acompanhando o caso.

* Colaborou Maíra Heinen, repórter da Rádio Nacional

Por: Juliana Cézar Nunes
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Denise Griesinger

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.