Greenpeace enquadra Bolsonaro em Israel: “Pare a destruição da Amazônia”; veja vídeo

Ativistas do Greenpeace protestaram contra Jair Bolsonaro (PSL) em Israel, onde o presidente brasileiro cumpre agenda oficial nesta segunda-feira (1º). Enquanto o mandatário estava em um restaurante, do lado de fora, manifestantes exibiram cartazes com um recado: “Pare a destruição da Amazônia”.

Bolsonaro e sua comitiva foram surpreendidos com o ato, visto pelo grupo a partir das paredes de vidro do estabelecimento.

Na conta do Twitter de seu braço brasileiro , a organização ambiental mostrou ainda que um banner com os mesmos dizeres (mas em inglês) foi aberto na frente do hotel onde o presidente brasileiro se hospeda.

Sobre a ação, o coordenador de Políticas Públicas do Greenpeace Brasil, Marcio Astrini, disse “Nós vamos lembrar o Presidente da importância da Amazônia a todo momento, sem descanso”.

Promovendo a hashtag #SemFlorestaSemVida, a organização ressaltou a urgência da proteção à Amazônia “pois ela é fundamental não só para o equilíbrio climático global, assegurando as chuvas que garantem a produção de alimentos, como também é importante para nossa economia”.

Já na campanha eleitoral, Bolsonaro demonstrava pouco interesse a questões ambientais, que vem se traduzindo em ações de desmonte no Ministério do Meio Ambiente.

Fonte: Revista Fórum

Deixe um comentário