MPF em Tabatinga faz inspeção em comunidades da Terra Indígena Évare I

Durante visita, órgão consultou comunitários sobre implantação de centro de reabilitação de dependentes químicos e inspecionou escolas e serviços de saúde

Foto: MPF/AM
Foto: MPF/AM

O Ministério Público Federal realizou visitas de inspeção nas comunidades Nova Vila e Belém do Solimões, localizadas na Terra Indígena (TI) Evaré I, no último dia 31, com o apoio da Capitania Fluvial de Tabatinga e da Fundação Nacional do Índio (Funai). O objetivo foi ouvir a população indígena local sobre a possível implantação de um centro de reabilitação de dependentes químicos, além de inspecionar escolas e serviços de saúde.

Visita MPF TBT

Durante a reunião na comunidade Vila Nova, o MPF ouviu indígenas das etnias Kokama e Ticuna sobre vantagens e desvantagens da instalação do centro de reabilitação na localidade. A partir das informações coletadas, o MPF continuará acompanhando a situação a partir de procedimento extrajudicial.

Em Belém do Solimões, considerada a maior aldeia indígena do Brasil, com mais de cinco mil habitantes da etnia Ticuna, foram realizadas inspeções na unidade do Distrito de Saúde Indígena (DSEI) e na Escola Municipal Indígena Ngetchutchu Ya Mecü, inaugurada em junho deste ano.

Fonte: Procuradoria da República no Amazonas

Deixe um comentário