Bombeiros e Exército combatem queimadas na região do Pantanal em MT

As equipes se dividiram em ações de monitoramento e de perícia em incêndio florestal. Operação conta com dois helicópteros, começou na quarta-feira (16) e deve seguir até domingo (20)

Bombeiros e Exército combatem queimadas na região do Pantanal em Mato Grosso — Foto: E.Vieira/Corpo de Bombeiros
Bombeiros e Exército combatem queimadas na região do Pantanal em Mato Grosso — Foto: E.Vieira/Corpo de Bombeiros

Militares do Corpo de Bombeiros e do Exército Brasileiro deram início na quarta-feira (16) a uma operação integrada para combater focos de calor na região do Sesc Pantanal, considerada a maior Reserva do Patrimônio Particular Natural (RPPN) do Brasil.

A área fica entre Poconé, Barão de Melgaço e Rosário Oeste, municípios a 104, 121 e 133 km de Cuiabá, respectivamente.

A operação, denominada Verde Brasil, segue até domingo (20) e conta com militares do Exército de Taubaté (SP) e de Campo Grande (MS), Politec, bombeiros mato-grossenses, com apoio da 13ª Brigada e de duas aeronaves, um helicóptero Cougar, com capacidade para 22 pessoas, e o helicóptero Esquilo, com espaço para cinco pessoas.

As equipes se dividiram em ações de monitoramento e de perícia em incêndio florestal.

O monitoramento verificou áreas a oeste da Unidade de Conservação, em que persiste um foco de incêndio de difícil acesso.

Operação conta com dois helicópteros, começou na quarta-feira (16) e deve seguir até domingo (20) no Pantanal mato-grossense — Foto: E.Vieira/Corpo de Bombeiros
Operação conta com dois helicópteros, começou na quarta-feira (16) e deve seguir até domingo (20) no Pantanal mato-grossense — Foto: E.Vieira/Corpo de Bombeiros

Por conta dessa dificuldade, as equipes e equipamentos não tinham conseguido combater o incêndio, mas o acesso por meio de helicóptero do Exército permitiu o diagnóstico.

A segunda equipe realizou a perícia técnica para determinar o ponto de origem do incêndio.

Os bombeiros e um soldado do Exército estiveram em uma fazenda para colher depoimentos dos trabalhadores para confecção do laudo.

As equipes de combate ao incêndio estão distribuídas em uma extensão de 45 quilômetros na reserva. Além de focos persistentes, na divisa sul foi registrado um novo foco de incêndio na tarde de terça-feira (15).

Para o Exército, a missão tem um grau de dificuldade maior já que o pouso pode ocorrer em local alagadiço, como é o Pantanal, e o peso da aeronave pode afundar o terreno dificultando a saída do helicóptero.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.