Amazônia Legal: Casos confirmados de coronavírus chegam a 401

Dados atualizados pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (31) mostram um avanço nos casos confirmados de coronavírus (Covid-19) no Brasil. Sendo 5.933 casos confirmados e 206 mortos. Na Amazônia Legal são 401 casos e 5 mortes, o estado do Amazonas continua no ranking com o maior número de infectados.

Pela primeira vez, casos são registrados no interior do estado do Acre. Dos confirmados, 34 são de Rio Branco, 7 em Acrelândia e 1 em Porto Acre. As aulas continuam suspensas, mas o governador Gladson Cameli determinou que a merenda escolar vai continuar sendo fornecida para alunos por meio de cestas básicas.

No estado do Amapá os casos confirmados estão todos em Macapá, no sábado (28) foi confirmado o 1º caso de transmissão local no estado. Desde o dia 20 de março, o governo do Estado suspendeu por 15 dias atividades comerciais e de lazer com objetivo de restringir a circulação de pessoas no estado. Em Macapá, a prefeitura determinou que os bancos deverão atender por agendamento e a frota de ônibus vai atuar com 30% do efetivo.

No Amazonas, uma indígena de 20 anos testou positivo para o Covid-19, a aldeia onde ela vive no Alto Rio Solimões já entrou em isolamento. Com isso o estado chega ao número de 178 casos confirmados e 3 mortes. Há registros de casos em Manaus, Parintins, Manacapuru, Santo Antônio do Içá, Boca do Acre, Itacoatiara, Anori e Novo Airão. Os comércios seguem fechados e as aulas suspensas.

Subiu para 62 o número de casos confirmados no estado do Maranhão, a informação foi dada pelo governador Flávio Dino, nesta manhã. No domingo (29) foi confirmada a primeira morte pelo novo coronavírus, a vítima é um homem de 49 anos, de São Luís e que tinha histórico médico de hipertensão. Ele estava internado em uma unidade hospital da capital maranhense.

Conforme o secretário estadual da saúde de Mato Grosso, Gilberto Figueiredo, a transmissão já é considerada comunitária no estado, quando não se tem a origem do foco. O primeiro paciente que testou positivo para o coronavírus já está curado. Os casos confirmados estão em Cuiabá, Rondonópolis, Nova Monte Verde e Várzea Grande. As aulas continuam suspensas até o dia 30 de abril, comércios seguem fechados.

Sobe para 40 número de infectados no Pará, mais 6 casos foram confirmados nesta quarta-feira. A morte de um idoso de 60 que havia chegado recentemente do Amazonas aguarda o resultado do exame para confirmar o Covid-19. Cumprindo decreto os comércios seguem fechados, aulas suspensas, viagens interestaduais e voos internacionais estão estão proibidos no estado.

A primeira morte por coronavírus foi confirmada nesta segunda (30), em Rondônia, idosa de 66 anos faleceu no final de semana, ela estava internada no Centro de Medicina Tropical (Cemetron) em Porto Velho. Rondônia tem 9 casos de Covid-19 confirmados em Porto Velho, Jaru e Ji-Paraná. Comércios continuam fechados e as aulas são suspensas por mais 15 dias.

Após dois dias sem registros do novo coronavírus, o estado de Roraima confirma seis novos casos em Boa Vista, totalizando 22 casos. De acordo com a Secretária da Saúde, dois paciente já estão recuperados do vírus. Para conter o avanço do vírus as aulas estão suspensas. Em Boa Vista as férias de julho foram adiantadas e os órgãos públicos cessaram atendimento presencial.

Dos 12 infectados no estado de Tocantins, 9 são de Palmas e 3 em Araguaína. As aulas de todas as redes de educação estão suspensas por tempo indeterminado, alguns estabelecimentos estão autorizados para funcionar, mas com restrições de distanciamento social e reforço na limpeza.

Fonte: Amazônia.org.br

Deixe um comentário