Cacique Raoni é internado em hospital no Mato Grosso

Foto: Instituto Raoni

Reconhecido internacionalmente pela luta em defesa dos povos indígenas, o líder indígena Cacique Raoni estava desde quinta-feira em hospital da cidade de Colíder, no Mato Grosso, mas foi transferido de avião para o município de Sinop após o quadro se agravar neste sábado (18). Ele apresenta um quadro de hemorragia digestiva, diarreia e muita indisposição.

Informações do Instituto Raoni afirmam que ele começou a apresentar sintomas de desidratação há oito dias. “Em função de sua idade, seu estado de saúde inspira cuidados e, até o presente momento, não foi possível determinar a causa que resultou em severa anemia”, afirma a página do Instituto.

Patxon Metuktire, sobrinho neto de Raoni, informou ao jornal Folha de São Paulo que o cacique apresenta sintomas de depressão que teve início após a morte de sua esposa há um mês atrás. Bekwyjkà Metuktire faleceu no dia 23 vítima de um infarto aos 89 anos.

Ele chegou ao hospital com sintomas de fraqueza, falta de ar, complicações gastrointestinais e desidratação. O teste para Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, deu negativo

Fonte: Amazônia.org.br

Deixe um comentário