Rio Acre apresenta vazante e já está abaixo da cota de alerta

O Rio Acre apresentou vazante de 82 cm. O nível da água, que chegou a 14,48 na última segunda-feira, 9, baixou para 13,40 metros na manhã desta quarta-feira, 11, ficando abaixo da cota de alerta que é de 13,50m. O número de desabrigados no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco continua o mesmo. São 56 famílias, cerca de 120 pessoas, que permanecerão no abrigo até que uma cota de segurança e estabilidade se mantenha.

Em Cruzeiro do Sul, as águas avançam e o Rio Juruá apresentou na manhã desta quarta-feira, 13,34 metros. O rio continua acima da cota de transbordamento que é de 13 m. Mas a expectativa, segundo o Corpo de Bombeiros, é de que as águas comecem a baixar nos próximos dias. Dez famílias continuam abrigadas no Ginásio Poliesportivo Alailton Negreiros. Outras, que também tiveram as casas atingidas, resolveram permanecer em suas residências, enfrentando a força do rio.

As águas do Rio Tarauacá também apresentam vazante e chegaram hoje a 9 metros, trinta centímetros abaixo da cota de transbordamento. Segundo o Corpo de Bombeiros, o número de desabrigados continua em 23 famílias, que se dirigiram para o abrigo montado pela prefeitura de Tarauacá.

Os rios que cortam as cidades de Epitaciolândia, Brasileia e Sena Madureira não preocupam as autoridades até o momento porque também apresentam vazante.

Os dados sobre a situação dos rios e o número de famílias atingidas pelas cheias são atualizados diariamente pela Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros. Sobre o desaparecimento do agricultor no Rio Andirá, ocorrido durante a cheia no quilômetro 50 da BR-364, o Tenente Coronel Flores, do Corpo de Bombeiros, informou que o corpo foi encontrado e levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Por: Samuel Bryan
Fonte: Agência de Notícias do Acre

Deixe um comentário