FAB ajudará municípios que sofrem com enchentes no Acre; mais de 65 mil pessoas foram afetadas

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou ontem (23) que prestará ajuda às vítimas atingidas pelas enchentes no Acre. Três aeronaves serão utilizadas para o transporte de bombeiros da Força Nacional de Segurança e militares do Exército brasileiro.

As aeronaves também serão usadas para distribuir alimentos nos municípios atingidos. Até o último domingo (19), a FAB enviou para o estado seis militares, 31 bombeiros da Força Nacional e aproximadamente 9 toneladas de equipamentos de resgate e barracas. Hoje (24), o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, vai sobrevoar as áreas alagadas do estado.

Segundo a agência de notícias do governo do Acre, 16.798 pessoas estão alojadas em abrigos públicos, sendo que, dessas, 5.551 somente na capital, Rio Branco. No total, são mais de 65 mil pessoas atingidas pelas enchentes.

Além dos municípios do vale do Rio Acre (Assis Brasil, Xapuri, Brasileia, Epitaciolândia, Porto Acre e Rio Branco), estão sendo afetadas pelas enchentes as cidades de Cruzeiro do Sul, banhada pelo Rio Juruá; Santa Rosa do Purus e Manoel Urbano, banhadas pelo Rio Purus; e Sena Madureira, pelo Rio Iaco. Na desembocadura do Rio Acre, já em Boca do Acre, no Amazonas, a água está fluindo desde ontem (22) quando o Rio Purus começou a baixar, evitando o represamento.

O prejuízo da produção rural, de acordo com cálculos da prefeitura do Rio Branco, ultrapassa R$ 12 milhões. Até o momento, nove municípios decretaram situação de emergência. Os municípios de Santa Rosa, Rio Branco e Brasileia enfrentam os maiores prejuízos. Brasileia teve 95% da área urbana atingida.

Fonte: Agência Brasil – EBC

Deixe um comentário