No Acre, ex-prefeito do PT é condenado a devolver R$ 484,4 mil aos cofres públicos


Julio Barbosa é secretário nacional de Meio Ambiente do PT (Foto: Júlio Barbosa/Album pessoal)

O ex-prefeito petista Júlio Barbosa de Aquino, de Xapuri (AC), foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC) a devolver aos cofres do Tesouro Municipal R$ 484,4 mil.

Júlio Barbosa, como é mais conhecido dentro e fora do país, nos salões da política e do socioambientalismo, é secretário Nacional de Meio Ambiente do PT, sendo apresentado frequentemente como um dos sucessores de Chico Mendes na defesa das florestas da Amazônia.

Segundo acórdão do TCE, publicado na edição Diário Oficial do Acre desta quinta-feira (2), o valor a ser devolvido com correção e acrescido de juros legais se refere a não comprovação de saldo e a despesas sem finalidade pública, no valor de R$ 353,06. O ex-prefeito petista, que administrou Xapuri entre 1997 e 2004, também foi multado em 10% sobre o valor a ser devolvido.

Em 2008, Júlio Barbosa foi condenado pelo TCE-AC a devolver R$ 318,6 mil aos cofres de Xapuri por falta de comprovação do saldo bancário. O TCE apurou irregularidades na prestação de contas da prefeitura de Xapuri, no exercício de 1999, durante o primeiro mandato de Barbosa.

O ex-prefeito não conseguiu justificar as despesas nos extratos de conciliação bancária. O processo da primeira condenação foi relatado pela conselheira Naluh Gouveia, ex-deputada estadual petista.

Antes de se tornar Secretário Nacional de Meio Ambiente do PT, o ex-seringueiro Júlio Barbosa presidiu o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Xapuri e o Conselho Nacional dos Seringueiros, sendo um dos principais articuladores, no final dos 1980, da extinta Aliança dos Povos da Floresta.

Barbosa administrou a prefeitura de Xapuri durante dois mandatos. Os últimos quatro anos de gestão foram tão desastrosos que a população optou por eleger o peemedebista Wanderley Viana, antigo adversário dos petistas e dos seringueiros. Viana foi outro desastre como gestor e a população voltou a eleger um novo prefeito petista.

– Sou uma pessoa preoculpada (sci) com o comodismo dos outros. Tenho muita confiança na união dos povos. Sempre tenho cuidado sobre o que devo falar, e pra quem devo falar. Defendo o direito a liberdade de pensamento, respeito as posições dos outros mesmo não concordando as vezes – escreveu Júlio Barbosa a respeito de si no Facebook.

Por: Altino Machado
Fonte: Blog da Amazônia 

Deixe um comentário