No Acre, Infraero paga R$ 406,4 mil por construção de poço semi-artesiano em aeroporto no interior

A Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária) contratou por R$ 406,4 mil a empresa J.E. Comércio de Produtos Eletro-Eletrônicos Ltda. Para construção de um poço semi-artesiano, de 100 metros de profundidade, no aeroporto de Cruzeiro do Sul (AC), no extremo-oeste do país, onde a mesma obra poderia ter sido contratada pagando-se no máximo R$ 50 mil.

Embora o superintendente da Infraero em Cruzeiro do Sul não tenha parte no processo, deixaram o rabo de fora, pois tinham que fixar a placa da obra e tornaram-na pública. A placa ficou de pé somente por dois dias, mas foi fotografada antes de ser removida.

A obra foi orçada, licitada e administrada pela Gerência Regional da Infraero, que fica em Manaus (AM), onde existem funcionários que se dedicam a cuidar de obra supostamente superfaturada.

Por: Altino Machado
Fonte: Blog da Amazônia 

Deixe um comentário