Brasil acredita em bons resultados na terceira rodada de negociações de documento da Rio+20

Mesmo com um texto de quase 200 páginas, o governo brasileiro acredita em bons resultados da terceira rodada informal de negociações do documento final da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20).  Segundo o ministro de Relações Exteriores, Antonio Patriota, os negociadores do Brasil estão trabalhando com “afinco” nos debates que começaram ontem (29) em Nova York, Estados Unidos.

“A expectativa é que avancemos bem na consolidação de um texto que possa ser adotado na conferência.  E ainda temos uma sessão do comitê preparatório no Rio de Janeiro, antes do segmento de alto nível governamental”, afirmou Patriota.

As negociações entre grupos de países que buscam consensos sobre o texto que servirá de base para o encontro terminam no dia 2 de junho.  O secretário-geral da Rio+20, Sha Zukang, já havia afirmado que essa rodada de negociações precisaria concluir pelo menos 90% do texto.  Segundo declarações divulgadas na página do evento, Zukang defendeu que os pontos mais polêmicos, de difícil consenso entre os negociadores, devem ser finalizados durante a conferência, com um maior apoio político.

Por: Carolina Gonçalves
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Lílian Beraldo

Brasil acredita em bons resultados na terceira rodada de negociações de documento da Rio+20

Deixe um comentário