MPF/PA: fiscalização sobre atendimento à saúde indígena será ampliada

Decisão foi tomada em reunião com indígenas que fizeram protesto nesta quinta-feira

Indígenas também denunciaram falta de remédios

O Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA) irá aumentar a fiscalização e cobrar informações dos órgãos responsáveis pela saúde indígena, além de fazer um levantamento sobre a qualificação dos funcionários que prestam o atendimento nas Casas de Saúde Indígena (Casais). O procurador da República Felício Pontes Jr. Também decidiu notificar oficialmente a Fundação Nacional do Índio (Funai) sobre essas providências.

As medidas foram definidas em reunião nesta quinta-feira, 24 de maio, com índios de várias etnias, na sede do MPF em Belém. Os índios reclamam da precariedade do serviço de saúde prestado pela Casai no distrito de Icoaraci, na capital paraense. Durante a reunião vários índios informaram que mantiveram reféns quatro funcionários da Casai como forma de protesto por melhorias no atendimento.

Segundo os índios, muitos deles estão passando mal e faltam medicamentos e transporte para levá-los até um hospital. Muitos deles precisam, inclusive, pagar medicamentos com o próprio dinheiro.

Os índios lembraram que essas reivindicações são antigas. De acordo com os indígenas, sempre que eles solicitam melhorias na Casai são informados que a administração local está em período de transição e, por isso, as reivindicações não podem ser atendidas.

Outro ponto citado foi a ocorrência de maus tratos, que segundo os indígenas são frequentes por parte das técnicas de enfermagem. E o problema não estaria limitado somente à Casai de Icoaraci: os índios informaram que outras unidades do Estado também prestam mau atendimento.

Fonte: MPF – Ministério Público Federal

Deixe um comentário

Um comentário em “MPF/PA: fiscalização sobre atendimento à saúde indígena será ampliada

  • 26 de maio de 2012 em 10:51
    Permalink

    Eu sempre fui denfensor dos indios, sempre acreditei e acredito que se deva ter uma política indigenista que não é esta que esta ai. Mas não acho que os indios tenham que ser tratados como especiais, e os outros brasileiros que estão morrendo em hospitais, com tratamentos precarios como se ve no Brasil todo. Onde anda o MPF que não se manifesta pelo povo brasileiro, ou brasileiros só são índios.
    Acorda Brasil !!!!

Fechado para comentários.