Trabalhadores de Belo Monte não voltaram às atividades

Os trabalhadores da usina hidrelétrica Belo Monte não retornaram às atividades nesta quarta-feira, conforme determinava a Justiça, informou o Consórcio Construtor Belo Monte.

Na semana passada, o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª região suspendeu os efeitos de uma liminar que declarava a greve dos trabalhadores como ilegal e determinava o retorno às atividades.

A liminar teve os efeitos suspensos até a véspera e, se os trabalhadores não retomarem as atividades nesta quarta-feira, estão sujeitos à multa de 200 mil reais por dia com efeito retroativo aos dias parados.

O primeiro turno dos trabalhadores deveria ter entrado nos canteiros às 7h30, segundo o consórcio construtor, o que não ocorreu. O próximo turno deve começar a jornada a partir das 17h30.

Atualmente, cerca de 7 mil trabalhadores atuam nas unidades de obras de Belo Monte como contratados e outros 2 mil terceirizados. Cerca de 5 mil deveriam ter iniciado as atividades às 7h30, no primeiro turno, segundo o Consórcio Construtor.

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Construção Pesada do Estado do Pará (Sintrapav) não estava imediatamente disponível para dar informações sobre a decisão dos trabalhadores.

A usina hidrelétrica Belo Monte está sendo construída no rio Xingu, em Altamira (PA), e terá cerca de 11 mil megawatts (MW) de potência instalada quando estiver concluída. A entrada em operação está prevista para 2015.

A empresa Norte Energia é responsável pela usina e tem entre os acionistas Eletrobras, Cemig e Light, além de Neoenergia, Petros, Funcef, entre outras.

Fonte: Correio do Brasil
Com informações de Reuters 

Deixe um comentário

4 comentários em “Trabalhadores de Belo Monte não voltaram às atividades

  • 2 de Maio de 2012 em 23:38
    Permalink

    Concordo com vc Ludmilla. Vc sabe destruir uma empresa, uma demissão em massa prejudicaria todos. Seria uma boa que os trabalhadores não precisassem do emprego. Agora vai vc ficar lá 6 meses ou 1 ano, e ver sua família apenas 2 semana para descansar. Quando falam que as mulheres ganham menos que os homens, as mulheres reclamam por equiparação salarial, eles também estão pedindo o que vc mulheres querem equiparação salarial com outros trabalhadores que fazem o mesmo trabalho em outra hidroeléctrica. Sou trabalhador tb e quero os mesmo direito de meu colega de profissão.

  • 2 de Maio de 2012 em 18:33
    Permalink

    Manda todo mundo para rua!!! Aí tem de tudo, menos trabalhador. Trabalhador, trabalha, não fica servindo de escada para sindicalistas!!

    • 2 de Maio de 2012 em 20:56
      Permalink

      e aproveita e suspende o projeto etno/ecocida dessa usina

      • 2 de Maio de 2012 em 23:41
        Permalink

        Pergunto a vcs! Vcs conhece a Amazônia de perto ou só de fotografia, jornais televisivas? Antes de criticá-los vai lá onde eles estão e me responda essa pergunta simples.

Fechado para comentários.