Quatro empresas de energia, a AFD e o BID, decidem explorar a interconexão energética dos países do Arco Norte

EBS, GEA, EDF e Eletrobras, em conjunto com a AFD e o BID, desejam estabelecer uma interconexão elétrica entre o Suriname, a Guiana, a Guiana Francesa e dois estados do norte do Brasil

Quatro grandes empresas internacionais de energia, a Agence Française de Développement (AFD) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), uniram forças para explorar uma interconexão elétrica entre Suriname, Guiana, Guiana Francesa e os estados de Amapá (capital Macapá) e Roraima (capital Boa Vista), do norte do Brasil.

Como parte do Memorando de Entendimento (MOU) assinado hoje para o Projeto Arco Norte, pré-estudos de viabilidade serão planejados para identificar e avaliar a demanda e as opções de fornecimento de eletricidade. Além disso, os estudos avaliarão as implicações políticas, institucionais, regulatórias, técnicas, econômicas, ambientais e sociais de uma eventual interconexão elétrica dos países do Arco Norte.

Os parceiros, N.V. Energiebedrijven Suriname (EBS), Guyana Energy Agency (GEA), Électricité de France (EDF), Centrais Elétricas Brasileiras S.A. (Eletrobras), a AFD e o BID obterão recomendações dos estudos sobre as melhores alternativas para satisfazer as necessidades de eletricidade da região, assim como um plano detalhando as áreas de ação críticas para o desenvolvimento do projeto no curto, médio e longo prazos.

O Projeto Arco Norte tem o potencial para melhorar a qualidade de vida das pessoas que vivem na região do Arco Norte. Os sistemas de fornecimento de eletricidade são isolados uns dos outros e têm dificuldades para fornecer energia limpa e confiável a preços competitivos. O desenvolvimento da infraestrutura no contexto deste projeto contribuirá para a integração sustentável dos países do Arco Norte, e fornecerá a base para um maior crescimento econômico e bem-estar social da região. Além disso, o projeto aumentará a segurança energética dos países e a confiabilidade do fornecimento de eletricidade.

O Projeto Arco Norte faz parte da Iniciativa de Energia Sustentável para Todos na América Latina e no Caribe (LAC SE4ALL) do BID. O objetivo da iniciativa LAC SE4ALL, que é coordenada com a iniciativa global SE4ALL das Nações Unidas (ONU), é acabar com a pobreza energética na América Latina e no Caribe, através do acesso universal à energia moderna, ampliando a geração de energia renovável e implementando medidas de eficiência energética. Durante os encontros da Rio+20 em junho de 2012, empresas e concessionárias de energia e eletricidade de países do Arco Norte que estavam presentes reconheceram o Projeto Arco Norte como uma importante contribuição para a iniciativa LAC SE4ALL.

Fonte: BID07

Deixe um comentário