Programa Municípios Verdes viabiliza R$ 100 milhões em investimentos privados ao apoiar à criação do Fundo de Investimento em Participações em Empresas Sustentáveis na Amazônia, o “FIP Amazônia”

8 de abril, às 19 horas
Federação das Indústrias do Pará
Bloco A, 7º Andar, Auditório 01
Travessa Quintino Bocaiúva, 1588
Nazaré, Belém – PA

Será o primeiro fundo privado de investimentos em empresas da “Economia Verde” na Amazônia.

Em abril próximo, será lançado em Belém (8/4), Santarém (9/4) e Paragominas (11/4), o FIP Amazônia, um Fundo de Investimentos em Participações direcionado a investir em negócios que contribuam para o desenvolvimento sustentável da Amazônia.

O FIP Amazônia realizará os seus investimentos via a aquisição de participações societárias em companhias de setores sustentáveis como: (i) produção primária sustentável (frutas regionais, dendê, fibras, gomas, resinas); (ii) indústria de alimentos, fibras, cosméticos, óleos/essências, têxteis, gomas, borracha e biotecnologia; (iii) piscicultura; (iv) produtos florestais madeireiros e não madeireiros; (v) ecoturismo; (vi) serviços e tecnologias ambientais; (vii) reciclagem e tratamento de resíduos; (viii) energia renovável; e (ix) infraestrutura logística.

O FIP Amazônia foi criado por iniciativa do BNDES, o qual é o maior investidor do fundo. Outros cotistas são o Banco do Estado do Pará (Banpará), a Agência de Desenvolvimento do Acre, o Grupo Jari e a Kaeté Investimentos. A gestora do FIP Amazônia, selecionada pelo próprio BNDES é a Kaeté Investimentos, e a administradora de recursos, o BTG Pactual DTVM.

Como empresas de todos os Estados da Amazônia Legal estão aptas a receberem investimentos do FIP Amazônia, a competição se dará por meio dos projetos que oferecerem maior retorno financeiro ao FIP Amazônia a um grau aceitável de risco. Para estes R$ 100 milhões iniciais comprometidos, o FIP Amazônia pretende investir em 5 a 10 empresas. O fundo tem como foco adquirir participação acionária entre 20% e 50% em empresas com faturamento anual entre R$ 10 milhões e R$ 100 milhões.

O Governo do Estado do Pará, via Programa Municípios Verdes e Banpará, conseguiu junto ao FIP Amazônia, a garantia de investimentos mínimos de R$ 20 milhões para empresas no Pará, além de um assento permanente no Comitê de Investimentos e a abertura de um escritório da Kaeté em Belém para a captação, desenvolvimento e operação dos projetos de investimentos.

A iniciativa de criação do FIP Amazônia tem relação direta com o ambiente de investimentos verdes de alto valor agregado que o Governo do Estado do Pará tem incentivado. O FIP Amazônia proporcionará o início de um ambiente de negócios no qual os empreendedores não mais terão como principais opções de alavancagem financeira apenas os instrumentos de contração de dívidas e/ou financiamentos, mas também os de venda de participação societária a investidores, os quais partilharão dos riscos e lucros do empreendimento com o objetivo de organizar e acelerar o crescimento dos projetos de forma sustentável.

Deixe um comentário

Um comentário em “Programa Municípios Verdes viabiliza R$ 100 milhões em investimentos privados ao apoiar à criação do Fundo de Investimento em Participações em Empresas Sustentáveis na Amazônia, o “FIP Amazônia”

  • 22 de maio de 2013 em 14:20
    Permalink

    If some one wishes to be updated with hottest technologies after
    that he must be visit this website and be up to
    date everyday.

Fechado para comentários.