Juiz determina reintegração de posse do canteiro Belo Monte. Indígenas decidem manter ocupação

Foi divulgada ontem (28) a decisão do juiz federal Sérgio Wolney de Oliveira Batista Guedes, da Subseção de Altamira, que determinou a reintegração de posse dos canteiros de Belo Monte ocupados pelos indígenas. A decisão estabeleceu prazo de 24 horas para que a Fundação Nacional do Índio (Funai) providencie a saída dos indígenas e prevê multa diária de R$ 50 mil aos participantes e ao órgão em caso de descumprimento.

Os indígenas pedem a suspensão das obras de Belo Monte e dos estudos das usinas de Teles Pires, para que sejam realizadas consultas prévias com poder de veto e a presença do ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência da República.

Segundo informações do Conselho Indígena Missionário um oficial de justiça esteve no canteiro para entregar o documento da reintegração, que foi rasgado pelos indígenas na frente do oficial, de representantes da Funai e de cerca de 40 homens da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Tropa de Choque, Rotam e Polícia Civil.

 

Fonte: AmazoniaOrg
Com informações do CIMI 

 

Deixe um comentário

3 comentários em “Juiz determina reintegração de posse do canteiro Belo Monte. Indígenas decidem manter ocupação

  • 3 de junho de 2013 em 10:48
    Permalink

    Infelizmente as semelhanças do PAC da DILMA com os Megalos projetos do Milagre Brasileiro do Governo Médice não são meras coincidencias.
    Entra governo e sai governo e Odebrecht, Camargo Correa e Andrade Gutierrez continuam mandando no Brasil.

  • 29 de maio de 2013 em 22:25
    Permalink

    Está na hora do governo entender a loucura! O “ouro” do Brasil está nas florestas intocadas, nao nas hidroeletricas Amazonicas! Está na hora de obedecer a constituição. Está na hora de acordar!!!

  • 29 de maio de 2013 em 14:06
    Permalink

    Ordem judicial tem que ser cumprida,em beneficio da ordem,Ta na hora de mostrar quem manda nesse País.

Fechado para comentários.