TRF1 suspende a reintegração de posse em Belo Monte

Desembargadora federal Selene Almeida estabeleceu prazo de 24 horas para saída pacífica dos indígenas 

O Ministério Público Federal no Pará (MPF/PA) teve acesso no início da noite desta quinta-feira, 9 de maio, a decisão do Tribunal Regional da 1ª Região (TRF1) que suspende o mandado de reintegração de posse contra os indígenas que ocupam há oito dias o canteiro de obras da usina de Belo Monte.

A desembargadora federal Selene Maria de Almeida suspendeu o mandado de reintegração por 24 horas, prazo em que, segundo a decisão, os ocupantes devem sair pacificamente da área.

A decisão do TRF1 foi tomada a pedido do MPF, que solicitou uma solução negociada, sem necessidade do uso da força policial.

Íntegra da decisão do TRF-1

Detalhes do pedido do MPF que levou à decisão

Fonte: Ministério Público Federal

Deixe um comentário