Cepam realiza oficina de avaliação dos peixes amazônicos

Coordenada pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Amazônica (CEPAM), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a IV Oficina de Avaliação dos Peixes Amazônicos reuniu 21 pesquisadores na Academia Nacional da Biodiversidade (Acadebio), em Iperó (SP), entre os dias 02 e 06 de setembro. O encontro avaliou o estado de conservação de 227 espécies de peixes continentais amazônicos.

Realizada em quatro grupos de trabalho seguida de uma plenária para discussão e confirmação da avaliação feita pelos especialistas, a oficina avaliou espécies de peixes das famílias Cetopsidae, Pimelodidae, Heptapteridae, Pseudopimelodidae, Apteronotidae, Rhamphichthyidae, Gymnotidae e Hypopomidae.

A lista de 227 espécies, inicialmente proposta, foi revista em plenária e atualizada, resultando em 207 espécies avaliadas, cujo resultado foi resumido da seguinte maneira: quatro como Criticamente em Perigo (CR), duas como Em Perigo (EN), nove como Vulnerável (VU), três como Quase Ameaçadas (NT), 23 como Dados Insuficientes (DD) e 166 como Menos Preocupante (LC).

Ao todo, já foram realizadas cinco oficinas pelo CEPAM, quatro delas conjuntas com oficinas de ecorregiões da Mata Atlântica, coordenadas pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Peixes Continentais (CEPTA), do ICMBio, totalizando 1.521 espécies de peixes continentais avaliadas desde 2011.

Uma nova oficina conjunta entre famílias de peixes da Amazônia e das ecorregiões da Mata Atlântica está prevista para ocorrer no período de 11 a 15 de novembro de 2013, na Acadebio.

Fonte: ICMBio

Deixe um comentário