Pará tem seis candidatos ao governo e 11 ao Senado

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) tem até o próximo dia 15 para publicar a lista dos candidatos que pediram registros para as eleições de 2014. 

A partir dessa publicação, os que tiveram nomes escolhidos em convenção, mas não tiveram registros requeridos junto à Justiça terão 48 horas para fazer a solicitação. O prazo para que candidatos, partidos, coligações ou o Ministério Público impugnem (contestem) candidaturas é de cinco dias a contar da data de publicação dos nomes e o TRE tem até o dia 5 de agosto para julgar todas as impugnações.

Apesar de uma pane no sistema de registro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na manhã de sábado, último dia para oficializar o pedido, no TRE, em Belém, o fim do prazo foi um dos mais tranquilos da história das eleições gerais.

Foi montada uma estrutura com quatro guichês no terceiro andar do prédio do Tribunal e, pontualmente às 19h, os portões foram fechados. Nenhum delegado ou advogado de partido ficou de fora. No momento do fechamento, havia apenas dez partidos com senhas para o atendimento e todos já estavam no local. O processo foi encerrado antes das 22h.

Para as eleições deste ano, foram solicitados 933 registros, sendo seis para candidatos a governador e onze para a disputa ao Senado. Além disso, serão 193 disputando as 17 vagas para a Câmara Federal e 694 na disputa por uma das 41 vagas na Assembleia Legislativa.

CAMPANHA

Com o fim do prazo para registro, os candidatos já podem dar início à campanha eleitoral usando material impresso, alto-falantes e a rede mundial de computadores. Apenas a partir de 19 de agosto começa a propaganda eleitoral gratuita no rádio e TV. Diferente do que costumava ocorrer em outras eleições, não houve grande diferença entre o que foi definido em convenção e o que foi apresentado pelos partidos e coligações no momento do pedido de registro.

A coligação encabeçada pelo PMDB terá como candidato ao governo o ex-prefeito de Ananindeua, Helder Barbalho. O vice será o deputado federal pelo DEM Joaquim de Lira Maia. O candidato do PSDB é o atual governador Simão Jatene, que vai concorrer à reeleição tendo como vice o deputado federal Zequinha Marinho (PSDC).

Também estão na disputa o advogado José Carlos Lima, do Partido Verde, e o professor Marco Carrera, do Partido Socialismo e Liberdade (PSol). O PRTB lançou Elton Braga e o Partido Comunista Brasileiro (PCB) pediu registro para Marco Antônio Nascimento.

Para o Senado, que terá apenas uma vaga em disputa neste ano, serão onze nomes concorrendo. Os partidos que compõem a coligação Todos pelo Pará (PMDB/ PT/ DEM/ PC do B/PEOS/ PDT/PPL/ PTN/ PR/PHS) terão candidato único, o petista Paulo Rocha.

Os partidos que formam a coligação Juntos com o Povo, que tem Jatene como candidato ao governo, se dividem entre cinco candidatos: Duciomar Costa (PTB), Mário Couto (PSDB), Helenilson Pontes (PSD), Marcela Tolentino (Partido Solidariedade) e Jefferson Lima (PP). Além deles, estão na disputa Angela Azevedo (PSTU), Eliezer Reis (PRTB), Simão Bendayan (PV) e Pedro Maia (PSol). O PCB também terá candidato próprio: José Renato da Silva Rolim.

Fonte: Diário do Pará

Deixe um comentário