Indígenas serão indenizados por produtora inglesa de audiovisual

A indenização, no valor total de 70 mil reais, será paga aos índios Pirahã e Parintintim, da região de Humatá, no sul do Amazonas, devido ao ingresso irregular em Terra Indígena em novembro de 2013. A produtora inglesa realizou a filmagem para um documentário dentro da Terra Indígena Pirahã, sem autorização da Funai, não atendendo a normativa vigente.

Na ocasião , a produtora havia solicitado junto à presidência da Fundação, o ingresso na Terra Indígena, mas iniciou os trabalhos antes mesmo da conclusão do processo e emissão da autorização.

Ainda faz parte do acordo firmado entre a produtora e a Fundação Nacional do Índio a análise, pelo órgão indigenista, da filmagem produzida na Terra Índigena. Todo o material já foi entregue à Funai, para ser avaliado previamente à edição do documentário.

Fonte: Funai

Deixe um comentário